Rodrigo Agostinho é um dos deputados mais econômicos do país

Parlamentar faz mandato enxuto na Câmara Federal

O deputado federal Rodrigo Agostinho (PSB/SP) está entre os deputados mais econômicos em atuação na Câmara dos Deputados. Agostinho integra o seleto grupo dos 5% que menos usaram a cota para o exercício do mandato parlamentar entre fevereiro e junho deste ano.
Até o momento, ele utilizou apenas 16.17% do percentual total disponível, ou seja R$ 30.731,11. O valor economizado é de R$ 159.331,30, que equivale a 83.83% do total (dados apontados pela Câmara em 26 de junho último).  Além disso, ele abriu mão do auxílio-moradia e não faz uso de imóvel funcional, o que pode resultar numa economia de mais de R$ 200.000 até 2023.

CABEÇAS DO CONGRESSO
O deputado também é um dos campeões em iniciativas legislativas no Congresso Nacional. No primeiro semestre de trabalho, já apresentou mais de 100 proposições e foi escolhido como um dos parlamentares mais influentes desta legislatura, de acordo com o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap).

COTA REDUZIDA
Para desenvolverem o papel de fiscalização dos atos do Executivo e defenderem os interesses da população, os deputados federais têm direito a uma verba mensal para custear despesas de seus gabinetes, a chamada cota parlamentar. Ela serve para o pagamento de despesas do mandato parlamentar. Para ter direito a cota, os parlamentares têm de apresentar justificativas e comprovações desses gastos para obter o reembolso.

TOP 5
O valor máximo mensal da cota depende da unidade da federação que o deputado representa. Essa variação ocorre por causa das passagens aéreas e está relacionada ao valor do trecho entre Brasília e o estado que o deputado representa. Para os deputados federais por São Paulo, o valor é de R$ 37.043,53. Rodrigo está entre os cinco parlamentares paulistas que mais economizaram neste começo de mandato.

PRESTAÇÃO DE CONTAS
As despesas totais foram: em fevereiro – R$ 11.088,19; em março – R$ 9.818,95; abril – R$ 4.882,62; em maio – R$ 4.843,55; em junho (até o momento) – R$ 97,80.  
“Quando o assunto é gasto com dinheiro público, economizo o máximo que posso. Estou exercendo meu mandato com muito afinco, assiduidade e respeito ao meu eleitor. O deputado federal é um servidor público como outro qualquer, tem que dar exemplo e trabalhar”, argumenta Agostinho que exerce seu primeiro mandato em Brasília.

MANDATO TRANSPARENTE
Para acompanhar como o deputado Rodrigo Agostinho está empregando os recursos da cota parlamentar mês a mês, basta acessar o site da Câmara dos Deputados, na área de “Transparência do Portal”, e “Cota para Exercício da Atividade Parlamentar”, por deputado ou por partido.
Nesta seção, estão todos os dados relativos às despesas reembolsadas, agrupadas por tipo. Além disso, é possível consultar o nome e o CNPJ do fornecedor do gabinete parlamentar, agrupados por mês.
Para saber mais, acesse:
https://www.camara.leg.br/deputados/204530

Fonte: Assessoria de Comunicação
Deputado Federal Rodrigo Agostinho (PSB/SP)
28/06/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *